Livro: Império de Diamante – J. M. Beraldo

Oiiiiii!

Eu gosto muito de ler, leio tudo o que vejo pela frente e às vezes, eu até fico puxando na memória trechos que me marcaram em um texto. Mããããs, preciso confessar que tenho sérios problemas pra ler livros com mais de 200 páginas. É estranho, eu simplesmente não aguento terminar…

E agora, depois desse desabafo, gostaria de dizer que eu li Império de Diamante NUMA BOA e eu tô muito orgulhosa de mim! HAHAHA Na minha imaginação o Kasim é um cara muito gato, adorei estar em um lugar que não fosse a Europa ou os EUA e #éNóisBeraldo!!

Império de Diamante (Reinos Eternos, Livro #1) – J. M. Beraldo

324 Páginas

Editora Draco, 2015

Um Imperador reina absoluto há séculos, mas toda dinastia chega ao seu fim.

Conheça o Império de Diamante: um reino eterno que conquistou e suprimiu várias culturas de Myambe, o continente original da Humanidade. Protegido por um exército com poderes incríveis, o Imperador governa com sabedoria e há quem diga que possa conceder talentos sobrenaturais a quem desejar.

Mas agora sua decadência parece inevitável. Vinte anos após a última conquista, ninguém sabe do Imperador. O governo lentamente abandona as províncias mais distantes à mercê de uma seca avassaladora. O povo implora por socorro, mas não há ajuda.

Em meio à crise, quatro indivíduos com objetivos diferentes acabam envolvidos na trama que pode revelar os segredos deste homem tão poderoso. Neste mundo fantástico baseado nas culturas africanas, o autor J. M. Beraldo explora a construção da História e da crença religiosa através da trajetória desse quarteto. Forçados a depender uns dos outros para alcançar seus propósitos, qual será o papel desse inusitado grupo na história do Império de Diamante?


Império de Diamante narra a história de um deus que dizimou diversos povos e crenças para que todos fossem apenas um. Em alguns momentos voltamos 20 anos na história e ficamos cientes de determinados fatos que mudaram a vida dos protagonistas e como o Império se formou, além de conhecermos os ritos de passagem e etc…

Acontece que esse deus poderosíssimo é ferido em uma batalha por um simples (ou não tanto assim) guerreiro da Estrela da Manhã. A partir daí, todo o Império de Diamante começa a ruir, trazendo assim a fome e a seca. Os moradores mais distantes da capital, começam a padecer e passar necessidades, enquanto os sacerdotes só se preocupam em fazer com que as pessoas não percam a fé e que toda informação que possa destruir o imperador suma dos registros, da história!

“-A vida é feita de ciclos que sempre voltam ao mesmo ponto. Assim como é perfeito um diamante, também é a eternidade. Um ciclo começou com você. Agora deve terminar com você.”

O que eu mais gostei nesse livro foi como a fé e religião foram abordadas. E claro, como cada personagem personificou as mais variadas formas reais que as pessoas tratam a fé própria e a alheia.

A história acontece em várias partes que se fundem no final. Temos Kasim e seus amigos trabalhando como mercenários, Adisa e as leituras sagradas/proibidas, Zaim Adoud e a procura por respostas. Depois o povo da Estrela da Manhã  é inserido e Kasim começa a trabalhar pra eles e de repente, todos os personagens citados acima estão juntos. Alguns por vontade própria, outros foram forçados..

Informações extremamentes importantes para entender o ápice das batalhas no Império de Diamante: 

  • Rais Kasim, ex-guerreiro da Estrela da Manhã: tinha fé mas a perdeu. Depois viu e viveu coisas demais, que o faz não duvidar da existência de poderes sobrenaturais mas que também não lhe causam mais temor.
  • Mukthar, Guerreiro da Estrela da manhã: Tem sede de vingança, deseja a queda do Império de Diamante, odeia os hereges, abomina Rais Kasim e seus amigos.
  • Adisa: Jovem e fiel ao seu Imperador, agraciado com dons, sua vida é pelo bem do Império mas ondas de dúvidas permeiam seus pensamentos quando começa a saber demais.

Eu não tenho o que reclamar do livro, em nenhum momento me senti perdida na leitura, as “janelas” de tempo foram bem criadas, assim como os blocos personagem-local. A história se passar na África foi muuuuito bacana, a escrita do autor vai fluindo e você só segue e claro, eu li um livro com mais de 200 páginas, fica subentendido que o autor escreve bem e que a história é envolvente.

Acredito que a continuação da história vai ser muito interessante, porque AQUELE FINAL ME DEIXOU EMBASBACADA!! Como que aquilo pôde acontecer? Ainda não superei, não hahaha. 

Fica a dica desse livro pra vocês e espero que tenham gostado da resenha.

Para comprar o livro, clique aqui ó

Até a próxima! 🙂

Comments

comments

Troque figurinhas comigo! Comente sua opinião :)