Contos: O Dia em que a Merda Virou Ouro + A Menina que se Alimentava de Dor – Eduardo Kasse

Oiiiii! Beleza?

Desde o início do ano até agora, eu tô numa vibe de ler contos e eu não consigo explicar o motivo. Talvez se dê pelo fato de serem mais curtos e menos imersivos ou talvez porque um conto  é tão legal quanto uma crônica ou um livro de romance, fantasia ou ficção. (E eu só descobri isso agora).

Então eu baixei muito conto na Amazon (o bacana é que eles custam baratinho ou são na faixa) e achei interessante separar por autor e resenhar aqui no blog os que eu mais gostei. Espero que gostem e bora lá!

1- O Dia Em Que A Merda Virou Ouro – Eduardo Kasse

Archie sempre foi um contador de histórias falastrão. Sua língua grande e solta o fez prometer algo que nunca poderia cumprir. E o pior: apostou com um dos homens mais poderosos da Escócia seus bens mais preciosos. Os bagos!

Para comprar, clique aqui

 

A Menina Que Se Alimentava De Dor – Eduardo Kasse

Não há vencedores numa guerra: a dor e o sofrimento permanecem mesmo depois que as batalhas acabam. Essa é a história de como as trevas dominaram Amalina, uma jovem esforçada e de bom coração, na época em que a França começava a ser delineada.

Para comprar, clique aqui


Ano passado eu li O Andarilho das Sombras do Eduardo Kasse (se quiser ver a resenha, só clicar aqui) e ele narra os acontecimentos de uma forma muito talentosa e nesses contos não foi diferente. Houve momentos durante a leitura em que eu pensei: “Pelas barbas do profeta, parece que estou lendo um texto escrito por alguém do séc 13!”

E esse é um ponto muito positivo pra ele! O conto O Dia em que a merda virou Ouro me arrancou risos e me deixou boquiaberta em alguns momentos. É muita safadeza, gente! AHAHAHAHA. Enquanto A Menina Que Se Alimentava De Dor me trouxe ao mundo do Andarilho novamente, todo aquele cinzento dos séculos passados e aquela pitadinha de misticismo…. UM ARRASO!

Os personagens sempre tão despidos para nós leitores, os diálogos irreverentes e a viagem ao passado feita com sucesso. Eu, particulamente, adorei os contos e até estou cogitando ler a continuação do Andarilho das Sombras.

Os contos estão recomendadíssimos e são uma boa forma de conhecer a temática das histórias do autor.

  • A Menina que se Alimentava de Dor

“Então, uma densa escuridão me envolveu, fria, vazia e profundamente triste. Tão trsite que senti como se o meu coração congelasse.”

 

 

  • O dia em que a merda virou Ouro

“Na guerra não havia justos ou santos. Na guerra não havia gloriosas batalhas. Essas existiam apenas nos livros.”

 

Até a próxima!

Comments

comments

Troque figurinhas comigo! Comente sua opinião :)